sexta-feira, 21 de maio de 2010

Ex-professora

O nome de cada pessoa diz muito da própria pessoa.... Assim, é fundamental fala-lo com as letras certas (Danielas odeiam ser Danieles) e com prónuncia perfeita.

O que trava minha língua são aqueles nomes inventados (misturados pedaço do pai, da mãe, do vizinhi, ...), aportuguesados e "ypisonlizados"....

No 1º dia de aula era sempre um caos....que diabo de nome é esse?!?!.
Tem uns que vc não consegue nem pronunciar.

Pelo que percebi minhas irmãs acharam muitas preciosidades dessas pelo Mossoro.

3 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Perfeita lembrança, Pipoca, como eu sofro e não só no primeiro dia de aula...tem nome que entra semestre e sai semestre e eu não consigo dizer...O jeito é apelar pro segundo nome (porém às vezes tão enrolado como o primeiro). Vou já já atrás de uma lista e colocar alguns aqui...

Lica disse...

Vou nem falar do Uidclifi nem do Gunnar-Vingren...

Nanica disse...

Ai, pipoca, esses nomes, esses nomes... É terrível, também travam minha lingua. Voce tem que acabar substituindo por "mulher", meniiiina...
Lica, parece marca de mostarda importada!