sábado, 1 de maio de 2010

Água da minha sede


Pô, tô começando é bem!!!!!

KKKKKKKKKKK

Se eu conseguisse ao menos entender qual a proposta da Borboleta já ia ajudar bastante.

É pra falar de água, Bethania, a natureza em fúria, eu mesma...

Acho q tô nervosa. A primeira vez é sempre cheia de expectativas.

Então, vamos a associação livre,

Primeiro o mar, só vem o mar, e não tem como lembrar dele sem lembrar de cara de duas coisas e ao mesmo tempo, apesar de tão diversas. Da Clara Nunes e aqui quero deixar claro q adoro a Bethania e não pretendo compará-las, e dos meus mais terríveis pesadelos.

Acho q ninguém cantou tanto o mar quanto ela e eu dizia q quando crescesse ia ser a Clara Nunes e ia dançar descalça na beira do mar. Eu cresci e não virei a Clara Nunes e canto mal pra caramba mas sou loucamente apaixonada pelo mar (ah, e adoro dançar tbm, em qualquer lugar).

"O mar serenou quando ela pisou na areia, quem samba na beira do mar é sereia", e quando olho pro mar sou invadida por uma paz, é ele quem me tranquiliza, q me faz dormir, q me acalenta, mas é nele q se encontram meus mais terríveis pesadelos, q tbm se repetem desde pequenininha. Acho q ele é tudo q não sei, meu inconsciente. É a vida e a morte, o medo, a paz, a agonia, a alegria... é energia, é onde recarrego minhas baterias e onde vivem sereias, Poseidon e Yemanjá.

Então Borboleta, dentro de mim tem fantasia, tem a esperança que vejo no sol nascendo do mar, tem a fúria do maremoto, a mansidão do mar de Calhetas(foto acima, e quem sabe um dia levo vcs lá), tem as cores do mar de Noronha, mas o q tem mesmo é a energia do mar, q entra e que sai por meus olhos seja lá como ele se mostre.

Acho q não quero mais ser a Clara Nunes não, porque lá no fundo, acho q sou o mar.




11 comentários:

Lori disse...

dúvida minha gente.
postei no lugar certo e do jeito certo?
se desvirginar é sempre tenso!!!
xerim em todas

Borboletas nos Olhos disse...

É quase meia noite, eu estava aqui te esperando e acho que nenhuma de nós duas vai virar abóbora não: eu virei espanto e você virou maremoto...bem vinda, Lori, com suas claras fantasias, suas praias cheias de energia e beleza, bem vinda com suas palavras e sua água é mais que bem vinda nesse pote...

Borboletas nos Olhos disse...

Certíssima, Lori...e sim, a primeira vez a gente não esquece (pelo menos nesse blog, rsrs)

Gabi disse...

amei, amei, amei.
A Lori sabe que eu seeempre peguei no pé dela pra ela virar blogueira! *-* E olha só, ela virou! Amei mesmo. O mar, a foto, o texto. Eu quero ir lá sim viu, olhe, olhe! :x
beijos ;*

Danielle disse...

Seja bem vinda! Esse pote está cada vez mais lindo! Aqui não tem errado, cara amiga! aqui o certo é aparecer e fazer o que quiser... desde que a borboleta não enlouqueça! Te adoro!

Borboletas nos Olhos disse...

Só enlouqueço se não tiver água de beber...

Lica disse...

Eu disse que o mar era feminino! É a Lori!

Lindo, seja muito bem-vinda!

Borboletas nos Olhos disse...

Valhamedeus, além de tudo a Lica é (e)vidente!

Danielle disse...

kkkkkkkkkkk!

Nanica disse...

Lori, tu inaugurou com toda catiguria. Agora aguente, que a Borboleta vai ficar cobrando tua presença aqui direto!

Borboletas nos Olhos disse...

Ai que fama essa que eu tenho..num sei porquê. Só se for porque eu mando email cobrando, telefono de madrugada pras pessoas, mando sms anônimo cobrando post...será?